No momento você está vendo Futsal termina com quatro campeões diferentes e agora é a vez do skate no Intercolegial

Futsal termina com quatro campeões diferentes e agora é a vez do skate no Intercolegial

Competição reúne 73 alunos de 19 escolas e será disputada no próximo sábado, 24, na Vila Olímpica do Encantado

Chegou a hora das manobras radicais na 41ª edição do Intercolegial! No próximo sábado, na Vila Olímpica do Encantado, no Engenho Novo, 73 estudantes de 19 escolas diferentes disputarão o título nas seis categorias do skate. A novidade é a sub-8, que começa este ano devido à demanda dos mais jovens. O torneio também conta com as modalidades sub-14 e sub-18, todas no masculino e feminino.

Um dos destaques é Maria Eduarda de Oliveira, a Duda, de 15 anos, aluna da Rede Daltro que vai tentar defender o título do sub-18, categoria que disputa desde o ano passado.

Quem quiser vencer Duda terá trabalho, já que a adolescente foi campeã brasileira amadora em 2021 e no ano passado foi convocada para a seleção sub-16. Ela conta que começou a andar por influência do pai, em uma pista perto da casa da família, em Vista Alegre:

— Foi o meu primeiro Brasileiro, e ainda foi depois da pandemia (de Covid-19), então eu estava há muito tempo sem competir. Na semifinal, estava nervosa e errei bastante, mas consegui a nota para a final. Na decisão, acertei a linha quase toda e me emocionei muito.

Duda realiza os treinos sozinha, e é ela quem decide em quais manobras vai se especializar. Ela conta que muitas vezes as ideias vêm de observar outras pessoas andando de skate:

— Uma coisa que acontece muito é quando você vê alguém acertando uma manobra que você não conhece. Você tenta também e quando consegue é muito legal.

A grande inspiração da estudante é a skatista Pâmela Rosa, que disputou as Olimpíadas pelo Brasil em Tóquio-2020. O sonho de tê-la como sua referência já está em progresso: as duas são patrocinadas pela mesma marca de skate.

—Ela é bicampeã mundial e é muito gente boa. Às vezes eu paro para pensar e vejo que é muito importante eu estar na mesma marca que ela — diz.

Apesar de já ter experiências em diversas competições, a profissionalização no esporte ainda é um desejo que fica para o futuro.

— Ainda quero descobrir mais sobre o meu skate, me desenvolver, conquistar mais coisas. Quero me profissionalizar, mas mais para frente — conta Duda.

Resultados do futsal

Primeira competição esportiva do Intercolegial, o futsal terminou equilibrado, com quatro escolas diferentes ganhando medalhas de ouro no último fim de semana.

Na categoria sub-15 masculino, o Censa venceu o Seice por 4 a 2 e ficou com o título, enquanto o terceiro lugar foi para o Ceros, que bateu o GEO Juan Antônio Samaranch por 6 a 3. No feminino, o Cesc Camaradinha venceu o GEO Dr. Sócrates por 4 a 3; o bronze ficou com o Elite, que atropelou o GEO Nicarágua por 14 a 0.

A categoria sub-18 terminou com o Odete São Paio conquistando o bicampeonato no feminino, ao vencer o Elite por 2 a 0. O campeão masculino foi o Seice, que deixou o João Paulo I para trás por 2 a 1, e o estreante Ciep Astrogildo Pereira completou o pódio.

Depois do skate, as competições terão uma pausa em julho, durante as férias escolares. A 41ª edição do Intercolegial tem realização do jornal O GLOBO, apresentação do Sesc-RJ e patrocínio da Enel.

Deixe um comentário